Como alcançar a liberdade financeira

É fato que todos sonham com a liberdade financeira. Afinal de contas, quem não quer ter a liberdade de decidir o que fazer para acumular dinheiro e construir seu patrimônio.

No entanto, alcançar a liberdade financeira não é uma tarefa fácil. É um processo de longo prazo, que envolve muito trabalho e dedicação. Requer, também, que se tenha muita disciplina ao cuidar das finanças, sendo necessário evitar alguns hábitos para que se possa alcançá-la.

Para te ajudar a alcançar essa liberdade, selecionamos algumas dicas importantes e, também, discutiremos alguns hábitos que precisam ser evitados por aqueles que a almejam.

Tenha um orçamento

Para que você conseguir ter a tão sonhada liberdade financeira, você precisará, primeiramente, controlar e organizar as suas finanças. Para isso, é necessário que você organize o seu orçamento.

Você pode fazer isso da maneira que lhe for mais conveniente, seja através de um aplicativo em seu smartphone ou por meio de uma planilha, seja eletrônica ou em um papel. O que você não pode é deixar de tomar nota de todas movimentações de seu dinheiro, sejam as receitas ou os gastos.

Guarde dinheiro para fazer uma reserva financeira

Por mais que você seja uma pessoa organizada, imprevistos podem acontecer. Pode ser um problema de saúde, no carro ou, ainda, desemprego. A reserva financeira é um fundo reservado para ser usado apenas nesses momentos.

É importante que os fundos de sua reserva corresponda, a pelo menos 6 meses de despesas essenciais. Assim, você terá um bom dinheiro guardado e, se alguma emergência acontecer, não irá perder muito dinheiro.

Aprenda a fazer investimentos

Aprender a investir é necessário para todos os que aspiram à liberdade financeira. Mas, é bom saber que investimentos financeiros requerem estudo e planejamento, além de muita atenção.

Anúncios

Tente descobrir, primeiramente, qual é o seu perfil de investidor. Para cada perfil há um tipo ideal de investimento. Para os mais conservadores, indica-se investimentos de renda fixa, como a poupança, já para os arrojados, que estão dispostos a correr riscos, investimentos de renda variável são a melhor opção.

Agora que você já conhece o seu perfil e já tem uma noção de quais investimentos são ideais para você, comece a estuda-los. Saiba quais são as suas vantagens e conheça bem seus riscos.

Planeje seu futuro

Ter planos para o futuro são um grande aliado para usufruir da liberdade financeira. Portanto, estabeleça metas para o futuro e determine um prazo para cumpri-las.

Lembre-se, para que os seus objetivos futuros sejam alcançados, você também precisa planejar o presente. Isto é, você precisa se organizar e planejar muito bem os seus gastos. Não se esqueça de ficar sempre em dia com o seu orçamento.

Além disso, cuide de seus investimentos. Analise se eles condizem com os seus planos. Avalie se é um bom momento para pensar na aposentadoria e, se vale a pena investir em um plano de previdência privada.

Quite as suas dívidas

Se você tem dívidas, tente quitá-las antes de tudo. Dívidas não vão ajudar a conquistar sua liberdade, mas sim atrapalhar. Organize-as e veja quais você deve pagar primeiro. De prioridade para pagar as dívidas com maiores taxas de juros.

Se for possível negociar ou parcelar, faça isso. Busque a forma mais prática e barata para pagá-la. Considere solicitar um empréstimo, como o crédito consignado, se os juros do empréstimo forem menores que os da dívida.

Ao tirar o seu nome do negativo você terá o seu poder de compra de volta. Com isso, você conseguirá comprar com maior facilidade e ainda adquirir coisas que condizem com os seus planos para o futuro.

Cuidado com os seus hábitos de consumo

Ter hábitos de consumo ruins, isto é, ter muitos gastos desnecessário, pode te deixar cada vez mais distante da liberdade financeira. Dê uma olhada no seu orçamento e tente cortar aqueles gastos desnecessários, dando preferência ao que lhe é essencial.

Cortar gastos supérfluos não quer dizer viver com um mínimo. Você não precisa cortar as atividades de lazer, por exemplo. Você só precisa controlar seus gastos com o mesmo. Tente diminuir as suas idas ao cinema e a restaurantes, ao invés de deixar de frequentar esses locais.

Por fim, fique atento ao seu comportamento em relação às compras. Procure avaliar se você costuma comprar por impulso. Se você tem esse comportamento, procure evita-lo a todo custo. Ele pode ser muito nocivo para o seu orçamento e para seus planos futuros.

Desconfie do dinheiro fácil

Cuidado! Por mais forte que seja o seu desejo de alcançar a liberdade financeira, saiba que ofertas de dinheiro fácil e rápido são uma cilada. Dinheiro fácil não existe!

Tenha cuidado com investimentos incríveis, que oferecem taxas de retorno mais altas que as praticadas pelo mercado financeiro. Essas ofertas são mentirosas, e muitas pessoas já perderam muito dinheiro por causa de ofertas como essa.

E aí, o que achou das nossas dicas? Teve alguma ideia ou tem alguma outra sugestão? Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.