6 Dicas para Aproveitar o seu FGTS de Maneira Inteligente

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) nada mais é do que um fundo emergencial que é criado na Caixa assim que um colaborador começa a trabalhar com a carteira assinada. Geralmente o saque só pode ser feito em situações emergenciais, como quando o trabalhador perde o seu emprego.

Se você tiver acesso ao seu FGTS, usá-lo de forma inteligente pode trazer grandes benefícios para o seu futuro. Sendo assim, elaboramos este post contendo ótimas dicas para você utilizar o seu saque de forma segura e inteligente. Confira!

1. Pague suas dívidas

Uma maneira inteligente de utilizar o dinheiro do seu FGTS é utilizá-lo para pagar suas dívidas e, se for o caso, até tirar o seu nome do negativo.

Comece organizando todas as suas dívidas para, em seguida, organizá-las de acordo com a prioridade. Lembre-se que as dívidas com a maior taxa de juros devem ser aquelas que devem ser priorizadas.

Ao descobrir a dívida com a maior taxa de juros, tente negociá-la com os credores. Se o dinheiro do seu FGTS for suficiente para pagar a dívida à vista, faça isso. Você pode conseguir um ótimo desconto. Se não for, use-o como entrada e parcele o restante da dívida.

2. Crie uma reserva de emergência

Com o dinheiro do Fundo de Garantia, é comum sentir vontade de sair por aí comprando alguma coisa. No entanto, esperar um pouco para fazer compras pode ser uma boa ideia. Usar o seu FGTS para criar uma reserva de emergência pode ser muito vantajoso!

Este fundo só deve ser usado para eventos emergenciais e imprevisíveis. Como problemas de saúde, problemas no carro ou, ainda, desemprego.

É recomendável que sua reserva de emergencial seja depositada em algum investimento de renda fixa. Só não é muito recomendável que seja depositado na poupança, pois, atualmente, os rendimentos da caderneta estão bem baixos.

Anúncios

3. Invista na sua formação profissional

Fazer cursos é uma ótima forma para se aperfeiçoar e, ainda, conseguir trabalhos melhores. Existem, inclusive, muitas plataformas que oferecem cursos online com certificação, o que facilita muito.

Buscar cursos é também uma forma de se manter atualizado e, ainda, incrementar o seu currículo. Sendo assim, o dinheiro do seu FGTS se transforma em um investimento, já que futuramente isso poderá te dar um bom retorno financeiro.

Lembre-se que você deve buscar cursos que possam enriquecer a sua formação profissional, afinal de contas, somente cursos assim poderão te beneficiar profissionalmente no futuro.

4. Invista a longo prazo

Esta é uma excelente dica para quem não precisas gastar o FGTS com gastos emergenciais e já possuem um fundo de emergência.

Usar seu saque para fazer um investimento a longo prazo pode te trazer ótimos frutos no futuro. Os juros desse tipo de investimento podem trazer uma boa rentabilidade, possibilitando grandes rendimentos, ainda que a quantia investida não seja tão grande.

Investimentos de renda fixa, como o Tesouro Direto (modalidade oferecida pelo próprio governo federal), podem trazer um ótimo retorno a longo prazo.

Vale lembrar que quanto maior for o investimento inicial e quanto maior for o tempo da aplicação, melhor será o retorno.

5. Faça um plano de previdência privada

Com as recentes reformas feitas na Previdencia Social, a previdência privada está se tornando uma ótima alternativa muito atraente. Portanto, usar seu FGTS para investir em um modelo de previdência privada pode ser uma ótima forma para garantir uma aposentadoria tranquila no futuro.

Existem diversos modelos de aposentadoria privada, o que faz com que uma boa pesquisa seja necessária antes de aderir a um plano de previdência privada.

Portanto, pesquise bastante, até encontrar um plano que seja mais adequado a seus planos e a sua renda.

6. Realize o sonho da casa própria

Utilizar o FGTS para sair do aluguel e realizar o sonho de comprar um imóvel é uma ótima maneira de utilizar o dinheiro do fundo! Afinal de contas, o FGTS pode ser usado para adquirir um imóvel.

É permitido utilizar o FGTS para financiar um imóvel, utilizando o valor do fundo como entrada do financiamento, para quitar o valor do imóvel ou ainda para quitar parte da dívida, desde que o titular do financiamento cumpra alguns pré-requisitos:

O contrato do financiamento deve ter sido realizado através do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e o titular não pode possuir outro financiamento pelo SFH. O titular também não pode possuir outro imóvel residencial no município ou na região metropolitana onde pretende comprar o imóvel. Além disso, o titular deve ter trabalhado por 3 meses de carteira assinada e ter morado por pelo menos 1 ano na cidade ou região metropolitana onde o imóvel se localiza.

O FGTS não pode ser utilizado para comprar lotes, mas se você for proprietário de um, você pode usar o fundo para construir um imóvel no mesmo, já que existem financiamentos específicos para a construção. No caso, o saldo do FGTS é liberado para um agente financeiro, e não para o beneficiário. O agente é responsável por gerenciar os recursos, que vão sendo liberados na medida em que a obra avança.

E aí, gostou do post? Então comente e compartilhe para que mais pessoas também possam ver!